DISSÍDIO COLETIVO - Natureza econômica
Hudson Marcelo da Silva 14:11 - 13/10

Dissídio dos jornalistas: TRT-2 estabelece reajuste e estabilidade

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região julgou, na tarde desta quarta-feira (05), o dissídio coletivo envolvendo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo e o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado de São Paulo.

Após 14 rodadas de negociação, todas infrutíferas, a Seção de Dissídios Coletivos estabeleceu um reajuste de 10,96%, aplicável, inclusive, a todas as cláusulas econômicas. Foi ainda determinada estabilidade de 90 dias aos trabalhadores.

O aumento é retroativo à última data-base da categoria, ocorrida em dezembro de 2015.

Veja o acórdão na íntegra.

Processo nº 1001183-51.2016.5.02.0000

Fonte: Seção de Assessoria de Imprensa – Secom/TRT-2